Alimentação

Por que as mulheres deveriam consumir mais inhame?

Em algumas regiões do país, o inhame já é um item obrigatório no cardápio diário. Mas sua lista de benefícios é tão longa, que ele deveria estar no prato de todos os brasileiros, especialmente no das mulheres.

Confira o que o tubérculo é capaz de fazer:

Ameniza a TPM

O tubérculo ajuda a equilibrar os níveis de progesterona no nosso organismo. Com isso, ele é capaz de reduzir os sintomas da TPM (cólica, irritação, etc), da menopausa ( ndas de calor, etc) e até mesmo a reduzir o risco de perda óssea.

Anti – inflamatório

Através da estabilização da progesterona, o inhame também promove uma ação anti-inflamatória. Isso porque a progesterona impede o acúmulo de toxinas.

Fertilidade

Segundo pesquisadores o consumo regular de inhame pode estimular a produção de um óvulo a mais por ciclo reprodutivo. Algumas civilizações antigas perceberam este ponto e estimulavam as mulheres a consumir inhame para serem mais férteis.

O consumo ideal seria de uma porção, três vezes na semana. O tubérculo pode substituir o pão no café da manhã ou o arroz no almoço, por ser também uma fonte de carboidratos.

 

Aline Fatima – Redação +QV

You may also like...