Dicas

Saiba como ser uma doadora de sangue

Durante os meses mais frios do ano, os estoques de sangue dos hemocentros atingem níveis críticos. Isso acontece porque é nessa época em que as doenças respiratórios costumam aparecer e as pessoas saem de casa. Por isso, desde 2014, existe a campanha do Junho Vermelho, alertando para a importância de doar sangue.

Com apenas uma doação de sangue, é possível salvar até três vidas. E todo este processo leva menos de 30 minutos.

Como ser doadora?

Para se tornar doadora de sangue, é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade e pesar mais de 50 quilos. Entre uma doação e outra. as mulheres devem esperar 90 dias. Já o homens, 60.

Impedimentos temporários:

– Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas;

– Gravidez. As mulheres ficam liberadas 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana;

– Anemia: quando terminar o tratamento;

– Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses);

– Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;

– Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses;

– Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses;

– Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são estados onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses;

– Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc): aguardar 6 meses;

– Extração dentária ou tratamento de canal: por 7 dias;

– Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas;

– Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses;

– Vacina contra gripe: por 48 horas;

– Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões;

– Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura (vírus Varicella Zoster);

Febre amarela: quem tomou a vacina deve aguardar quatro semanas; quem contraiu a doença deve aguardar 6 meses, após a recuperação completa (clínica e laboratorial); e quem esteve em região onde há surto da doença deve aguardar 30 dias após o retorno.

Impedimentos definitivos:

– Hepatite após os 11 anos de idade;

– Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;

– Uso de drogas ilícitas injetáveis;

– Malária.

Semana da Cidadania e Solidariedade “O Resgatador”

Em parceria com a Marcha para Jesus, a Igreja Renascer em Cristo e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos, o Instituto Abammy promove, em 15 de junho, o “Dia da Cidadania e Solidariedade”.

A programação consiste na prestação de serviços gratuitos para a população, como: cadastro de doadores de sangue, orientação odontológica, aferição de pressão arterial e testes de glicemia e de visão.

O evento acontece das 10h às 17h, na Feira Confinada da Mooca, na zona leste da capital paulista.

No local, também haverá pontos de coleta para arrecadação de cobertores e agasalhos, que serão encaminhados para famílias carentes.

A programação também será marcada por atividades recreativas para as crianças e apresentações musicais. Entre as atrações confirmadas, estão: Renascer Praise, Marcelo Aguiar e The Shout Gospel Choir.

A expectativa dos organizadores é atender duas mil pessoas e cadastrar mil doadores de sangue, e você pode ser um deles.

Essa é ótima oportunidade de receber e praticar o bem!

Serviço:

“Dia da Cidadania e Solidariedade”

Data: 15 de junho

Horário: a partir das 10 horas

Local: Rua dos Trilhos, 859 – Mooca (São Paulo/SP)

Mais informações:

Entrada: Grátis

 

Aline Fatima – Redação Marcha

You may also like...