Alimentação

A importância dos chás para a dieta

O chá é uma bebida preparada através da infusão de folhas, flores e raízes de planta do chá (Camellia sinensis). Geralmente, é preparada com água quente. Cada variedade adquire um sabor definido de acordo com o processamento utilizado, que pode incluir oxidação, fermentação e o contato com outras ervas, especiarias e frutos.

O chá traz inúmeros benefícios para a saúde, porque contém água e ervas com propriedades medicinais que podem ser úteis para prevenir e ajudar a tratar diversas doenças como a gripe, por exemplo. Os chás podem ter propriedades calmantes, estimulantes, diuréticas ou expectorantes.

Os chás utilizados para fins terapêuticos só devem ser associados à dieta com a orientação de um especialista.

Maneiras de se preparar chás

INFUSÃO: Colocar água fervendo sobre as ervas, deixando-as em repouso e abafando-as por 10 minutos.

DECOCÇÂO: As ervas são colocado em compartimentos com agua fria e, posteriormente, fervidas por 10 minutos. Após esse processo, as ervas são coadas antes do consumo do chá.

MACERAÇÂO: As ervas ficam de molho na água fria por aproximadamente 12 horas, para que as vitaminas e minerais sejam preservados.

CATAPLASMA: As plantas são socadas até saírem o suco e formarem uma pasta que será colocada na região onde as pessoas tenham sofrido algum trauma ou esteja sofrendo dor entre dois panos frios ou quentes.

Tipos de Chás

DIGESTIVOS: auxiliam no relaxamento da musculatura do trato gastrointestinal, reduzindo cólicas e desconforto abdominal, facilitando o processo digestivo.

Exemplos: boldo, cascara sagrada, camomila, espinheira santa, carqueja e hortelã.

Atenção especial às grávidas e lactantes

DESINTOXICANTES: atuam diretamente no fígado, auxiliando no detox e também reduzem os gases.

Exemplos: boldo, alcachofra, dente-de-leão, erva-doce, sálvia, espinheira santa, chá de romã e sene.

Atenção às grávidas, lactantes, pessoas com insuficiência renal ou cardíaca.

DIURÉTICOS: estimulam o funcionamento dos rins. Atuam no processo de desintoxicação e no tratamento de infecção urinária, por reabsorverem sódio e água.

Exemplos: quebra-pedra, chapéu de couro, cavalinha, cana-do-brejo, bardana, cabelo de milho, hibisco e alfafa.

Atenção às gravidas, pessoas com pressão baixa, com insuficiência renal ou com problemas cardíacos.

TERMOGÊNICOS: auxiliam na ativação da termogênese (transformação de glicose e gordura em energia). Aceleram a queima de calorias. O ideal é consumi-los no início do dia.

Exemplos: canela, gengibre, cravo-da-índia, chá verde, chá branco, chá vermelho, fucus, hibisco, carqueja e mate.

Atenção às grávidas e pessoas com problemas cardíacos.

ANTIVIRAIS: são fortalecedores do sistema imunológico por possuírem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Promovem barreira de proteção à saúde.

Exemplos: alho, eucalipto, gengibre, limão, guaco e salgueiro.

Atenção às grávidas, lactantes, pessoas com gastrite ou pressão baixa.

Fonte:

Nutricionista Inara Santos Nascimento

CRN: 32860

Contato: (11) 98521-5872

You may also like...